Balaiada

BalaiadaRepresentação da Balaiada.

A balaiada ocorreu no Maranhão, em 1838. Nessa época, sua população era em sua maioria formada por sertanejos miseráveis. Foi esta desfavorecida classe de pessoas que deu início ao movimento revoltoso, o qual exigia a retirada dos portugueses de cargos no Exército e na Administração.

Aos revoltosos foi dado o nome de balaios, já que seus principais líderes era conhecido como Manuel Balaio, artesão como a maioria. Aos balaios juntaram-se vaqueiros, liderados por Raimundo Gomes (o Cara Preta) e escravos, liderados pelo negro Cosme.

Em pouco tempo os balaios receberam apoio dos liberais, pessoas ricas e de prestígio social que eram contra o presidente do Maranhão, os quais aproveitavam o prestígio popular para conseguir seus objetivos.

O movimento só teve fim com a nomeação de Luís Alves de Lima e Silva, futuro Duque de Caxias, para presidente da província do Maranhão. Com a anistia decretada em 1840, muitos balaios se renderam. Raimundo Gomes se entregou, foi exilado para São Paulo, mas acabou morrendo no meio do caminho. Negro Cosme não se entregou: acabou sendo caçado, preso e enforcado.

Cabanagem Sabinada Guerra dos FarraposPeríodo Regencial

Deixe um comentário

avatar