Sabinada

sabinadaInicialmente feita pelas elites, a Sabinada logo ganhou adesão das camadas mais baixas da população.

A Sabinada foi um movimento ocorrido na Bahia em 1837 contra a autoridade imposta pelo Governo Regencial e suas decisões políticas e administrativas. O nome Sabinada deriva de Francisco Sabino Álvares da Rocha Vieira, médico e líder da revolta.

De fato, inicialmente não havia entre os revoltosos a intenção de lutar por interesses populares, haja vista que originalmente tratava-se de um movimento da classe média. Desta forma, fazendeiros e militares se uniram em prol de seus próprios interesses: melhores salários e a não participação na Guerra dos Farrapos, respectivamente.

No entanto, a sabinada ficou marcada pela posterior adesão das camadas mais populares após a insatisfação coletiva gerada pelo recrutamento militar obrigatório imposto pelo Governo imperial. Após tomarem o controle de vários quartéis, os rebeldes chegaram a proclamar a República Bahiense após conseguirem ocupar Salvador em 7 de novembro de 1837. A ideia era montar um governo provisório que durasse até D.Pedro II atingisse sua maioridade, o qual inclusive previa a liberdade para os escravos que apoiassem o movimento.

No entanto, a República Bahiense durou apenas até o envio das tropas do governo. O movimento foi repreendido com crueldade pelas forças regenciais, que reocuparam Salvador em sua totalidade após poucos dias de confronto. Três dos líderes foram executados, outros três deportados e os rebeldes que sobreviveram e foram capturados foram julgados por um tribunal: a maioria foi condenada à prisão perpétua.

Saiba mais: Balaiada – Revolta dos MalêsCabanagem Guerra dos Farrapos

Deixe um comentário

avatar