Reforma Protestante

Reforma Protestante
Martinho Lutero, a principal figura da Reforma Protestante.

Entende-se como Reforma Protestante o movimento de caráter religioso iniciado no século XVI que colocou em xeque a conduta e as crenças da Igreja Católica. Embora tal movimento seja de caráter religioso, não podemos deixar de ressaltar que determinados fatores econômicos e políticos foram essenciais para que o mesmo se tornasse algo bastante significativo.

Primeiramente, a Igreja Católica estava desagradando – e muito – a burguesia, uma vez que condenava abertamente a retenção de lucros e a cobrança de juros. Os reis também não estavam nada satisfeitos, já que a Igreja interferira por diversas vezes em questões essencialmente políticas. De fato, a insatisfação para com a Igreja não se restringia somente ao rei e à burguesia: o próprio povo estava descontente com o distanciamento da organização religiosa com seus princípios primordiais. Vale ressaltar que a Igreja, embora condenasse a acumulação de riquezas, praticava o mesmo por meio da venda das indulgências, isto é, a venda do perdão.

O novo pensamento renascentista fez com que as críticas a todas essas questões fossem inevitáveis. Um dos primeiros a contestar a Igreja foi o monge alemão Martinho Lutero, considerado o pai do Movimento Protestante. Indignado com diversas práticas da instituição religiosa, principalmente a venda das indulgências, Lutero escreveu 95 teses contra os princípios católicos e as pendurou na porta da igreja onde era pregador. Segundo ele, a salvação só podia ser obtida única e exclusivamente pela fé em Deus e não por obras, ou muito menos, por meio do dinheiro.

As ideias de Lutero agradaram muito a burguesia, fato decisivo para o sucesso do movimento. Entre outras características do protestantismo, podemos citar a crença na Bíblia como única fonte de fé e a permissão de seu livre exame, a condenação do culto a imagens, entre outras.

A Reforma Protestante se espalhou por toda a Europa. Na Inglaterra, por exemplo, o desentendimento entre o rei Henrique XVIII e o Papa resultou na criação da Igreja Anglicana. Como resposta ao movimento protestante, a Igreja Católica organizou a chamada Contrarreforma, movimento que consistia em uma tentativa de barrar o avanço do protestantismo na Europa e principalmente nas novas colônias da América.

Saiba mais: A IgrejaContrarreforma

4
Deixe um comentário

avatar
4 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
Vania AmorimheloisaLeiaVanderlei Recent comment authors
mais recentes mais antigos mais bem votados
Vania Amorim
Visitante
Vania Amorim

Boa Noite, gostei do seu conto, tem como você mandar tudo sobre a reforma protestante pra mim?

heloisa
Visitante
heloisa

ajudou muito no meu trabalho vou escrever tudo…

Leia
Visitante
Leia

Parabéns, pelo seu trabalho! Amei o texto!!

Vanderlei
Visitante
Vanderlei

Boa tarde bom manda tudo sobre a reforma protestante pra mim tudo isso é muito bom