História do Windows

História do Windows
Embora a história do Windows tenha começado antes, o lançamento do Windows 95 foi um divisor de águas.

Antes do lançamento do Windows, sistema operacional mais utilizado no mundo, os softwares eram bem diferentes do que vemos hoje em dia. Não havia janelas, papéis de parede, efeitos e nem mouse: tudo era feito a partir de linhas de comando consideravelmente complicadas.

Tudo começou a mudar a partir de 1981, quando a Microsoft iniciou o desenvolvimento de um Gerenciador de Interface (Windows), possibilitando o uso do mouse em um ambiente cheio de janelas. Este foi um novo passo para o mundo da informática, pois deu início a uma nova geração de sistemas que possuíam interface gráfica, nos quais os usuários viam o que desejavam e simplesmente clicavam.

A família Windows, como é denominada pela Microsoft, começa com o Windows 1.0, 2.0, 3.1, 3.1, 3.11, Windows 95, Windows NT, Windows 98, Windows ME, Windows 2000, Windows XP, Windows Vista, Windows Seven, e por aí vai. As primeiras versões do Windows, de 1983, eram vendidas em uma caixa com quatro disquetes, demandavam uma considerável quantidade de tempo para completar a instalação e o sistema ocupava apenas 1 Mb do disco rígido.

A Microsoft elaborou várias versões de cada sistema, destinadas a diversas aplicações, como no uso doméstico ou empresarial, por exemplo. As versões “Home” (destinadas ao uso doméstico) são desenvolvidas com uma programação de nível um pouco mais baixo, enquanto as versões “Professional” (uso empresarial) são feitas a partir do “zero” e possuem uma alta estabilidade, funcionalidade e segurança.

Saiba mais: História do ComputadorHistória do Linux

One comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *