Descobrimento do Brasil

Descobrimento do Brasil
O descobrimento do Brasil teria sido um acidente ou uma ação premeditada de Portugal?

Durante o século XV, Portugal e Espanha se aventuraram na exploração marítima, período conhecido como era das grandes navegações. Com o fim de se enriquecerem cada vez mais, essas nações organizaram diversas expedições para desbravar o oceano em busca de novas terras. Foi desta forma que o navegador Cristóvão Colombo, a serviço dos espanhóis, acabou descobrindo a América em 1492.

Para não ficar para trás, os portugueses organizaram uma expedição chefiada por Vasco da Gama que resultou na importante abertura do caminho do Ocidente para as Índias. Empolgado com tal resultado, o rei de Portugal, Dom Manuel, preparou outra expedição com destino às Índias, só que desta vez sob o comando do fidalgo Pedro Álvares Cabral. Começava aí o primeiro capítulo da história do descobrimento do Brasil.

Nessa expedição ocorreu algo inesperado: ao invés de se direcionarem para a costa da África, por dificuldades de navegação em meio a uma forte tempestade, a frota acabou indo para o Ocidente. Em 22 de abril de 1500, os portugueses avistaram o primeiro pedaço do Brasil – o Monte Pascoal (atual Porto Seguro, Bahia) – e ancoraram na baia Cabrália. Entretanto, essa teoria acidental do descobrimento do Brasil atualmente é bastante criticada por vários historiadores, que refutam tal ideia. Segundo eles, há indícios de que o governo português já havia encomendado uma expedição secreta ainda em 1498, a qual teria constatado a existência do território brasileiro. Além disso, a frota de Cabral era a maior já constituída desde então, com navegadores bastante experientes, aspectos que ajudam a pôr em xeque a tese da descoberta acidental.

De qualquer forma, segundo a teoria tradicional, Pedro Álvares Cabral teria chamado a nova terra de Ilha de Vera Cruz, já que pensava que se tratava de uma ilha. Em 26 de abril, Frei Henrique de Coimbra celebrou a primeira missa no Brasil, no litoral da Bahia. Posteriormente, em 2 de maio, a esquadra de Cabral foi dividida: uma parte voltou para Portugal com as notícias da nova descoberta e outra continuou no objetivo inicial (ao menos em tese) da expedição, que era o de chegar às Índias.

A nova região logo mudou de nome: Terra de Santa Cruz. Mais tarde, com a descoberta e a exploração do pau-brasil, as novas terras passaram a se chamar “Brasil”.

Grandes Navegações – Pau-Brasil – Economia AçucareiraCap. HereditáriasGovernos Gerais

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
giulia Recent comment authors
mais recentes mais antigos mais bem votados
giulia
Visitante
giulia

vai me ajudar muito no meu trabalho de escola