Home
Arte
Biografias
Brasil

Comidas e Bebidas

Curiosidades
Datas Comemorativas
Drogas

Economia

Educação
Eletrodomésticos
Eletrônicos
Esportes

Expressões Populares

Games
Higiene
Idade Antiga
Idade Média
Idade Moderna
Idade Contemporânea
Informática
Meios de Transporte
Música e Instrumentos
Objetos
Pré-História

 

Pau-Brasil

Pau-Brasil
Mapa Terra Brasilis, 1519, representadoo pau-brasil
ao longo da costa da Mata Atlântica
.

O pau-brasil é uma espécie nativa da região da Mata Atlântica. Também conhecida como ibirapitanga, como os índios a chamavam, a árvore pode atingir até 40 metros de altura. De sua madeira se obtém uma resina denominada brasileína, um corante avermelhado que por muitos anos foi amplamente usado pelos europeus na fabricação de tecidos de alto luxo.

De fato, a extração do pau-brasil foi a primeira atividade econômica empreendida pelos colonizadores portugueses no Brasil. Naquela época, a madeira avermelhada do pau-brasil era um dos produtos de maior procura na Europa. E, para a sorte de Portugal, havia mais de 70 milhões de árvores do tipo nas terras brasileiras.

A Coroa Portuguesa elaborou uma política de exploração de toda essa riqueza. Tal política baseou-se na concessão do direito de exploração da madeira a particulares, em troca de taxas e uma série de outras condições, como a edificação de fortalezas e o envio de embarcações à nova terra.

Muitos destes particulares, detentores do direito de exploração concedido pela Coroa usavam índios como força de trabalho. Para convencê-los, ofereciam pequenas mercadorias e objetos, como espelhos, ferramentas e colares, objetos comuns na Europa, mas que chamavam a atenção e despertavam a curiosidade dos nativos. Tal prática ficou conhecida como escambo.

Os principais rivais dos portugueses no que se refere à exploração do pau-brasil foram os franceses, que contrabandeavam a madeira com frequência. Portugal fez diversas tentativas de expedições “guarda-costas”, porém a maioria não teve sucesso, em razão da grande extensão do litoral brasileiro.

Por volta de 1530 a madeira brasileira já não conseguia atender à demanda europeia. Mesmo assim, tal comércio durou até o século XIX, com a descoberta de um corante artificial relativo.

 

Brasil Colônia - História do Brasil - Home

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ferramentas e Informações
 

Copyright 2013 História de Tudo. Todos os direitos reservados.