Guardado a Sete Chaves

Guardado a Sete Chaves
Por que falamos ‘Guardado a SETE Chaves’ e não seis ou cinco?

Durante toda a Idade Média, era comum que os monarcas guardassem tesouros e objetos valiosos em grandes baús, com o intuito de esconder segredos ou simplesmente fortalecer economicamente seus reinados. Em Portugal, por exemplo, os reis adotavam um interessante sistema de arquivamento de joias e documentos importantes com quatro fechaduras diferentes: cada uma das chaves era distribuída a um alto funcionário do reino.

“Mas então por que falamos ‘sete chaves’ sendo que eram apenas quatro?”

Simples: o número sete passou a ser utilizado em razão de seu valor místico, já que desde a época das religiões primitivas é associado a algo divino, perfeito e sagrado. Foi assim que se começou a utilizar o termo ‘guardado a sete chaves’ para designar algo extremamente bem guardado, perfeito, praticamente impossível de ser descoberto.

3
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Jorge de OliveiraPriscila de Castro Recent comment authors
mais recentes mais antigos mais bem votados
Jorge de Oliveira
Visitante
Jorge de Oliveira

Nos bancos até hoje e adotado este sistema, as chaves do cofre principal é distribuído entre os funcionários, de cargos mais altos, que só conseguem ter acesso ao interior do cofre ou casa forte somente com a abertura de todas as fechaduras

Priscila de Castro
Visitante
Priscila de Castro

Explicacao sobre ditos populares.

Priscila de Castro
Visitante
Priscila de Castro

Amei! Aprendi mais um pouco das tradicoes linguísticas do Brasil! ótima matéria!