História do Violão

História do Violão
A história do violão nos revela que o instrumento provavelmente foi uma derivação do alaúde.

Em razão de sua praticidade, baixo custo e do fato de não necessitar de uma ligação elétrica, a guitarra clássica ou violão, como é conhecido no Brasil, é um dos instrumentos mais populares da atualidade.

A hipótese mais aceita que narra a história do violão relata que este provavelmente tenha sido uma derivação de um antigo instrumento árabe, o alaúde. Este teria penetrado na Europa por meio das invasões muçulmanas na Península Ibérica e se adaptado perfeitamente às atividades culturais do contexto europeu, sendo inclusive, um objeto da nobreza.

O violão desenvolvido na Espanha passou a ser chamado de vihuela. O mesmo tinha o formato de “oito”, com incrustações laterais, um fundo plano, além de quatro pares de cordas tocadas com os dedos, fato que resultava na geração de um som bastante suave. A partir da vihuela, o violão de antigamente, surgiu outro conhecidíssimo instrumento: a guitarra elétrica.

Curiosidade: somente no Brasil existe a palavra “violão”. No resto do mundo, as pessoas se referem a este instrumento por “guitarra”. Já a “nossa guitarra”, para todo o resto do mundo, é a “guitarra elétrica”, realidade que gera confusão em muitas pessoas.

Saiba mais: História da Guitarra

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz