Totalitarismo

Totalitarismo
Adolf Hitler e Benito Mussolini, dois dos maiores símbolos do Totalitarismo.

De forma bastante simples, podemos definir totalitarismo como um regime político no qual um único indivíduo domina todo o Estado, tomando para si todos os tipos de poderes existentes. O totalitarismo foi algo presente no contexto do pós-guerra, tendo como suas expressões máximas o Nazismo de Adolf Hitler na Alemanha, o Fascismo de Mussolini na Itália e o Stalinismo de Josef Stalin na União Soviética.

A principal característica de um regime totalitarista é a eliminação de toda e qualquer oposição política. Desta forma, para os totalitaristas, a existência de múltiplas organizações partidárias prejudicaria o empenho de toda a nação em direção a um objetivo em comum. Por isso, há a adoção de um sistema unipartidário.

No contexto econômico, a intervenção do Estado é algo intrínseco a um regime totalitarista: o governo procura se enriquecer mais e mais, colocando o mercado em segundo plano. Desta forma, o Estado assume o controle de todos os bens e fontes de recursos existentes por meio da administração de empresas estatais. Também é preciso destacar a ênfase dada pelos regimes totalitaristas na indústria de base, bélica e de tecnologia, setores estratégicos em casos de eventuais conflitos armados.

Outra característica marcante do totalitarismo é a existência de uma política de intolerância a quaisquer manifestações contrárias às suas formas de atuar. Durante os governos instalados ao longo do século XX, muitos cidadãos eram presos, torturados, exilados ou até mesmo mortos por causa de suas ideologias políticas contrárias ao regime instalado. Os sistemas totalitaristas utilizavam a propaganda como principal instrumento de domínio ideológico da população. Assim, faziam uso da história da nação e das imagens de heróis nacionais para despertar nas pessoas um sentimento de patriotismo e orgulho.

É importante ressaltar que cada regime totalitarista teve certas características peculiares. Além disso, podemos afirmar que, embora o totalitarismo seja algo difícil de ser aceito no mundo atual, predominantemente democrático, é possível localizarmos traços do regime em políticas adotadas por muitos países.

Saiba mais: Adolf Hitler – Primeira Guerra MundialSegunda Guerra Mundial

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Marcio Araujo Recent comment authors
mais recentes mais antigos mais bem votados
Marcio Araujo
Visitante
Marcio Araujo

Então o socialismo marxista vulgo comunismo, virou stalinismo, coisa só do Stalin, que distorção própria daqueles que defendem o marxismo.
Marxistas, fascistas e nazistas são totalitários.
Todos deveriam ser ilegais e proibidos, pois adotam práticas terroristas. Os traficantes de drogas também são totalitários e terroristas.