Tirar o Cavalo da Chuva

Tirar o Cavalo da Chuva
O termo “tirar o cavalo da chuva” surgiu a partir de uma antiga tradição.

É bem provável que a expressão “tirar o cavalo da chuva” tenha se originado a partir de um costume muito antigo do século XIX, quando a maioria dos brasileiros ainda se locomoviam a cavalo. Quando alguém ia fazer uma visita a um amigo, por exemplo, a etiqueta da época recomendava deixar os cavalos na frente da casa do anfitrião, dando um claro sinal de que a visita não iria demorar.

Da mesma forma, se o convidado amarrasse seu animal nos fundos ou em outro local mais protegido, estaria querendo dizer que pretendia demorar com a visita, algo de certa forma indelicado. No entanto, quando a visita era muito agradável, o próprio anfitrião sugeria ao seu convidado que tirasse o cavalo da chuva ou do sol e o amarrasse em um local mais protegido.

No entanto, com o passar dos anos o termo “tirar o cavalo da chuva” passou a ser usado para designar desistência ou abandono de pretensões. Até hoje não se sabe exatamente como essa associação ocorreu, mas é provável que tenha se originado a partir da situação na qual o anfitrião tentava convencer seu convidado a não partir: algo como “desista, tire seu cavalo da chuva, pois não vou deixar você ir embora”.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz