Home
Arte
Biografias
Brasil

Comidas e Bebidas

Curiosidades
Datas Comemorativas
Drogas

Economia

Educação
Eletrodomésticos
Eletrônicos
Esportes

Expressões Populares

Games
Higiene
Idade Antiga
Idade Média
Idade Moderna
Idade Contemporânea
Informática
Meios de Transporte
Música e Instrumentos
Objetos
Pré-História

 

História da Língua Portuguesa

Português

O português se desenvolveu na parte ocidental da Península Ibérica, a partir do latim trazido pelos soldados romanos desde o século III a.C. A língua começou a diferenciar-se dos outros dialetos românicos depois da queda do Império Romano e das invasões bárbaras no século V. Começou a ser usada em documentos escritos por volta do século IX.

Em 218 C, os romanos conquistaram a parte ocidental da Península Ibérica, composta principalmente pelas províncias romanas de Lusitânia e Galécia (compreendem a atual região centro-sul de Portugal). Os mesmos trouxeram consigo uma versão popular do latim, do qual se acredita que todas as línguas latinas tenham se derivado. Embora a população da Península Ibérica tenha se estabelecido muito antes da colonização romana, poucos traços das línguas nativas persistiram no português moderno.

Entre 409 e 711, enquanto o Império Romano entrava em colapso, a Península Ibérica foi invadida por povos de origem germânica, conhecidos pelos romanos como bárbaros. Estes bárbaros (principalmente suevos e visigodos) absorveram rapidamente a cultura e a língua romana; contudo, e como as escolas romanas foram encerradas, o latim foi libertado para começar a evoluir sozinho. Isso, porque cada tribo bárbara falava o latim de uma maneira diferente. A uniformidade da península rompeu-se, levando à formação de línguas bem diferentes (galaico-português ou português medieval, espanhol e catalão).

Acredita-se, em particular, que os suevos sejam responsáveis pela diferenciação linguística dos portugueses e galegos quando comparados com os castelhanos. As línguas germânicas influenciaram particularmente o português em palavras ligadas ao contexto de guerras.

A configuração atual da língua foi largamente influenciada por dialetos moçárabes falados no sul, na Lusitânia. Por bastante tempo, o dialeto latino desta província romana e depois do Reino Suevo desenvolveu-se apenas como uma língua falada, ficando o latim reservado para a língua escrita.

O mais antigo documento latino-português é chamado de Doação à Igreja de Sozello; encontra-se no Arquivo Nacional da Torre do Tombo e é datado do ano de 870 d.C.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Hist%C3%B3ria_da_L%C3%ADngua_Portuguesa

 

Educação - Home

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ferramentas e Informações
 

Copyright 2013 História de Tudo. Todos os direitos reservados.