Idade Média – Resumo

Idade Média
Representação do feudalismo: camponeses colhendo o trigo mediante os olhares do senhor feudal.

A Idade Média é tratada de forma divergente pelos historiadores. Alguns dizem que foi uma época de trevas, visto que não houve significativos avanços do saber e da arte. De fato, podemos considerar este período como uma fase de transição, uma época de dificuldades e inseguranças para toda a Europa ocidental. No entanto, vale ressaltar que o mesmo foi essencial para o surgimento da civilização moderna, com suas novas ideias e princípios que acabaram mudando o mundo.

A Idade Média é dividida em duas fases:

Alta Idade Média (Séc. V a XI): Fase caracterizada essencialmente pelo ápice do sistema feudal. Os trabalhadores realizavam uma espécie de contrato com o senhor feudal: ofereciam trabalho em troca de proteção e abrigo. Por esse motivo, não havia mobilidade social e todo o poder político e econômico ficava concentrado nas mãos dos senhores feudais.

A economia era de subsistência e agrícola quase que em sua totalidade. Nessa época ocorreu o êxodo urbano, uma vez que as pessoas fugiam das cidades em direção aos campos na tentativa de se protegerem dos constantes ataques bárbaros. Durante a Alta Idade Média, a Igreja se tornou uma instituição poderosíssima, já que esta se mostrou provavelmente a única grande instituição forte mediante todo o contexto de desorganização econômica e social gerado pelas invasões bárbaras.

Baixa Idade Média (Séc. XII a XV): Nesse período, a Europa Ocidental passou a conhecer o seu “renascer” material e cultural. Assim, as situações se inverteram de tal forma que o feudalismo passou a ser um sistema decadente, dando lugar para um ascendente capitalismo comercial apoiado pela burguesia e pelas monarquias nacionais.

De fato, ocorreu um verdadeiro renascimento comercial, realidade que tornava toda a lógica da antiga relação senhor feudal/vassalo sem sentido, já que o dinheiro havia se tornado o elemento mais importante da dinâmica social vigente. Buscando melhores condições de vida e trabalho, os camponeses passaram a migrar para as cidades, que iam se tornando cada vez mais populosas. Tais alterações sociais formaram as bases para o surgimento de outro sistema econômico: o capitalismo.

Saiba mais: FeudalismoA IgrejaBárbaros

Deixe um comentário

5 Comentários em "Idade Média – Resumo"

avatar
Mostrar primeiramente:   mais recentes | mais antigos | mais bem votados
jureg ogro
Visitante

jureg agradece por esse resumo

Tárcio
Visitante

Muito bom!

Rose Souza
Visitante

Tudo bem resumido e explicado.

Laryssa
Visitante

Adorei me ajudou bastante obrigada!!!!

wpDiscuz