História do Pão

História do Pão
A história do pão é tão antiga quanto o processo de sedentarização do próprio homem.

O pão é um produto alimentício resultado do cozimento da farinha com água e sal de cozinha. De fato, a história do pão é bastante antiga, uma vez que está diretamente relacionada com o processo de sedentarização do próprio homem. Historiadores acreditam que o alimento tenha surgido há mais de 12 mil anos, na Mesopotâmia: tratava-se de uma massa composta por farinha e frutos de árvores extramente amargos, a qual precisava ser lavada várias vezes na água fervente antes de ser ingerida.

Uma espécie de pão mais parecido com o que temos hoje em dia surgiu no Egito, em 4.000 a.C, com a descoberta do processo da fermentação. Tal técnica permitiu a criação de pães muito mais leves e macios. O sistema de fabricação destes alimentos era muito simples: pedras moíam o trigo que, adicionado à água, formava uma massa maleável. Entre os egípcios, o pão era usado para pagar salários: os camponeses ganhavam três pães e dois cântaros de cerveja por dia de trabalho, por exemplo.

As padarias surgiram em Jerusalém, após o contato dos hebreus com os hábitos egípcios. O pão também teve sua história na Grécia e entre os romanos a partir de 250 a.C, após intensas trocas comerciais. Em Roma, não demorou muito para se tornar o principal alimento de toda a população, inclusive tendo sido parte da famosa política panis et circenses (pão e circo), na qual o império distribuía pão para a população durante os grandes espetáculos públicos. Também foi em Roma que surgiu a primeira escola para padeiros, em 500 a.C.

Após ser difundido por toda a Europa graças à influência e dimensão do império romano, o consumo do pão foi drasticamente reduzido durante a Idade Média, ficando restrito à mesa dos senhores feudais, já que os vassalos sofriam com as limitações técnicas e agrícolas típicas do feudalismo. Tal realidade só foi mudar com a Revolução Industrial e a criação dos moinhos de vapor em 1784. Nessa época, o pão se tornou o principal alimento da crescente classe operária.

Foi na França a partir do século XVII que vemos os maiores aprimoramentos da história do pão. As novas técnicas criadas fizeram deste a base da alimentação de toda a população francesa. O pão era tão importante por lá que sua falta acabou se tornando uma das principais causas da Revolução Francesa, em 1789.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz