História do Futebol

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

História do Futebol

A história do futebol, um dos esportes mais populares do mundo, nos leva para a China Antiga, por volta de 3000 A.C. De fato, este é fato um tanto quanto horripilante: os chineses praticavam uma mistura de jogo e treinamento militar, o qual consistia em chutar as cabeças dos inimigos mortos em batalha até levá-las a duas estacas fincadas no campo. Bizarro, não?

No entanto, na história do futebol é possível encontrar outras referências de jogos semelhantes durante toda a Antiguidade, sem, claro, o detalhe das macabras “bolas” que os soldados chineses usavam. No Japão Antigo, foi desenvolvido o Kemari (oito jogadores de cada lado, as bolas eram feitas de fibras de bambu); os gregos criaram o Episkiros (nove jogadores em cada equipe, a bola era feita de bexiga de boi); entre outros exemplos.

Na Idade Média, surgiu uma modalidade bastante parecida com o futebol que conhecemos atualmente, porém com a característica de uma descomunal violência: o gioco del calcio. Para se ter uma ideia, os jogadores podiam dar socos, pontapés e diversos outros golpes violentos uns nos outros com o fim de introduzir a bola nas barracas armadas no fundo de cada campo. Toda essa violência, que inclusive resultara na morte de muitos jogadores, fez com que o esporte fosse proibido pelo rei Eduardo II.

Pode-se assim dizer que o gioco del cálcio foi o esboço do futebol moderno, porém, foi na Inglaterra, durante o século XVII, que o mesmo foi sistematizado e organizado, passando a ter regras claras, rígidas e objetivas. A contribuição dos ingleses foi especial para a história do futebol, pois se tornou fundamental para o avanço do esporte e sua gradual popularização. Durante toda a segunda metade do século XIX, vários aperfeiçoamentos foram idealizados, como a criação da figura do goleiro (1871), o tempo de noventa minutos (1875), o pênalti (1891), entre outros exemplos.

Acredita-se que o futebol tenha sido introduzido no Brasil por meio de Charles Miller, um paulistano que teve contato com o futebol inglês e trouxe consigo, em 1894, uma bola e um conjunto de regras do esporte. A primeira partida foi realizada um ano mais tarde, em 1895, entre funcionários de duas empresas paulistas.

Saiba mais: História da Bola

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *