História da Pizza

História da PizzaA verdadeira história da pizza pode te surpreender.

Quase todo mundo já ouviu falar sobre a história da pizza, não é mesmo? “Surgiu na Itália…” Não! A pizza não é de origem italiana, como a maioria pensa.

Há seis mil anos antes de Cristo, os egípcios desenvolveram a receita de uma massa, resultado de farinha e água, que serviu de base para a “nossa” massa de pizza. A receita egípcia percorreu diversas civilizações ao longo da história. Os gregos, por exemplo, resolveram colocar a farinha de trigo juntamente com o arroz e assar tal mistura em tijolos quentes. Já os fenícios tiveram a ideia de adicionar cebolas e carnes por cima dessa massa.

Entretanto, não podemos falar em pizza sem ressaltar a contribuição dos italianos.

Os turcos muçulmanos adotaram o costume dos fenícios durante a Idade Média e, devido às cruzadas, a receita da “pizza dos fenícios” chegou à Itália por meio do porto de Nápoles. No começo, as pizzas eram destinadas aos italianos pobres, para acabar com a fome do povo, sendo adicionadas à massa apenas algumas ervas e azeite. Além disso, a pizza era comida como uma espécie de sanduíche.

A história da pizza redonda se inicia na cidade de Nápoles. Nessa época, já eram adicionados tomate, toucinho, peixes fritos e queijo. A fama da pizza se espalhou pelo mundo inteiro, o que resultou no surgimento da primeira pizzaria da história: Port’Alba, a qual foi ponto de encontro de vários artistas famosos da época, fato que retirou definitivamente o estereótipo de “alimento dos pobres” da iguaria.

No Brasil, a pizza chegou por meio dos imigrantes italianos na década de 50.

Saiba mais: A origem da expressão “Acabar em pizza”

Deixe um comentário

1 Comentário em "História da Pizza"

avatar
mais recentes mais antigos mais bem votados
Eliza
Visitante

Adorei essa historia