Guerra dos Cem Anos

Guerra dos Cem Anos
Representação da Batalha de Crécy, uma entre várias da Guerra dos Cem Anos.

A Guerra dos Cem Anos foi um longo período de guerras e disputas políticas entre as duas maiores potências europeias da época: Inglaterra e França. De fato, o conflito durou quase um século inteiro (1337 – 1453), sendo portanto um dos principais acontecimentos que marcaram a transição da Idade Média para a Idade Moderna.

A principal causa da guerra foi de ordem política. Após a morte do rei francês Carlos IV em 1328, o monarca inglês Eduardo III reivindicou o trono, já que era seu sobrinho por parte de mãe. No entanto, os franceses alegaram que a sucessão não podia ocorrer a partir de um descendente de linhagem materna. Desta forma, proclamaram como rei Filipe de Valois, primo de Carlos IV. Após a fracassada tentativa de golpe, Eduardo III declarou guerra aos franceses.

O outro fator que desencadeou a disputa foi de ordem econômica. A região de Flandres era bastante conhecida pela sua atividade mercantil e, embora pertencesse à França, mantinha profundas e lucrativas relações comerciais com a Inglaterra.

Guerra dos Cem Anos
Joana D’Arc na Batalha de Orléans.

Como a monarquia francesa pretendia proibir tais relações, Flandres passou a apoiar financeiramente os ingleses, aspecto que foi decisivo no desenrolar do conflito.

Inicialmente a Inglaterra foi vitoriosa na maior parte das disputas, como na Batalha de Crécy (1346) e em Poitiers (1356). Em certo momento, quase todo o território francês havia sido dominado pelos ingleses.

Tudo mudou quando a jovem camponesa Joana D’Arc, que se dizia predestinada a libertar a França, assumiu um pequeno exército de 5000 soldados e foi capaz de reconquistar Orléans. Embora a jovem tenha sido entregue aos ingleses e queimada na fogueira, sua bravura inspirou os franceses e ajudou a criar um sentimento coletivo de nação, aspecto que posteriormente resultou em diversas vitórias francesas sobre a Inglaterra.

A guerra finalmente terminou em 1453, na batalha de Calais, na qual os ingleses foram expulsos do território francês. Em linhas gerais, podemos dizer que a principal consequência da Guerra dos Cem Anos foi a consolidação das monarquias de ambos os lados, abrindo um claro caminho para o absolutismo.

Saiba mais: Absolutismo Feudalismo

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz