Home
Arte
Biografias
Brasil

Comidas e Bebidas

Curiosidades
Datas Comemorativas
Drogas

Economia

Educação
Eletrodomésticos
Eletrônicos
Esportes

Expressões Populares

Games
Higiene
Idade Antiga
Idade Média
Idade Moderna
Idade Contemporânea
Informática
Instrumentos Musicais
Meios de Transporte
Objetos
Pré-História
Utilidades

- - - - banner- -

- - - - - -

História do FGTS

Até 1966, todo empregado que cumprisse 10 anos de trabalho em uma empresa tornava-se estável, podendo ser demitido somente por justa causa ou em troca do pagamento de uma indenização. Como tal indenização acabava representando um valor muito elevado, para o qual os empregadores não se preparavam, na prática, muitos trabalhadores eram demitidos pouco antes de completarem o decênio ou simplesmente não eram pagos, sendo obrigados a reclamarem seus direitos na Justiça.

A indenização era apontada como um encargo que onerava as empresas e não favorecia os empregados. A saída encontrada foi a criação do FGTS, um fundo que os empregadores mantinham durante o contrato e pelo qual os empregados poderiam optar. A partir de 1988, com a extinção da estabilidade no emprego para empregados de empresas privadas, todos os trabalhadores contratados são obrigatoriamente filiados ao FGTS.

Fonte:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Fundo_de_Garantia_do_Tempo_de_Servi%C3%A7o

 

 

- - - - - - - - - - - -

Google
 

Copyright 2007 História de Tudo. Todos os direitos reservados.