De Mãos Abanando

De Mãos AbanandoQuando um imigrante chegava ao Brasil ‘de mãos abanando’, era visto como preguiçoso e desinteressado no trabalho.

O Ciclo do Café provocou significativas mudanças socioeconômicas no Brasil. De fato, o uso de novas tecnologias e do trabalho assalariado pelos cafeicultores paulistas atraiu um grande número de imigrantes europeus, que fugiam da estagnação econômica e do desemprego registrado no velho continente.

Ao chegar ao Brasil, era comum que os imigrantes trouxessem suas próprias ferramentas, como foices ou facas. Isso era visto como um símbolo de sua profissão, uma forma de demonstrar disposição para o trabalho. Desta forma, o imigrante que chegava com as “mãos abanando” era visto como preguiçoso e desinteressado em exercer alguma espécie de atividade.

Foi a partir daí que o termo surgiu, sendo empregado para designar alguém que não traz nada consigo, mas que deveria assim fazer. Uma aplicação comum da expressão é quando um convidado vai a uma festa de aniversário sem levar presentes.

Saiba mais: Ciclo do Café

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz