História do Crack

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Crack

O crack é uma droga obtida a partir da planta de coca. Na verdade, podemos o definir como um subproduto da cocaína. Entre seus efeitos, podemos citar a sensação de euforia, empolgação e aumento da autoestima do indivíduo.

A história do crack está diretamente relacionada com a da cocaína, droga que surgiu nos anos 60 e que, na época, era grandemente consumida por grupos de amigos, em um contexto recreativo. No entanto, a cocaína era uma droga cara, apelidada de “a droga dos ricos”. Este foi o principal motivo para a criação de uma “cocaína” mais acessível.

De fato, a partir da década de 70, começaram a misturar a cocaína com outros produtos e conforme outros métodos. Foi assim que surgiu o crack, obtido por meio do aquecimento de uma mistura de cocaína, água e bicarbonato de sódio. Na década de 80, o crack se tornou grandemente popular, principalmente entre as camadas mais pobres dos Estados Unidos.

O nome crack é uma referência ao barulho que a droga emite quando é consumida. O crack é uma droga extremamente perigosa, uma vez pode causar infartos, derrames, problemas respiratórios e mentais sérios. Outro fator que aumenta ainda mais o perigo desta droga é a dependência que a mesma gera. Como a sensação de euforia é relativamente rápida, o usuário é levado a consumir novas doses cada vez maiores.

Saiba mais: Cocaína

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *