Capitanias Hereditárias

capitanias hereditárias
Divisão das capitanias hereditárias.

Após o descobrimento do Brasil em 1500, Portugal estava ciente dos inúmeros recursos valiosos presentes nas terras brasileiras. Desta forma, também sabia que precisava criar uma forma de proteger o território das invasões de piratas ingleses, franceses e holandeses, estrangeiros ávidos pelas riquezas da nova colônia. Foi baseado nessa necessidade que em 1534 D. João III decidiu dividir o Brasil em capitanias hereditárias, sistema de administração já bem sucedido e consolidado na Ilha da Madeira e Cabo Verde.

Uma capitania hereditária nada mais era do que uma grande faixa de terra que ia desde a parte litorânea até o limite do Tratado de Tordesilhas. Para governar essas grandes porções territoriais, foram nomeados donatários, membros da nobreza portuguesa e pessoas de confiança do rei. As capitanias hereditárias foram São Vicente, Santana, Santo Amaro e Itamaracá, Paraíba do Sul, Espírito Santo, Porto Seguro, Ilhéus, Bahia, Pernambuco e Ceará.

O governo de cada capitania era passado de pai para filho, o que explica o uso da palavra ‘hereditária’. Os objetivos de Portugal eram colonizar, garantir o controle sobre o Brasil e tornar tal colonização altamente lucrativa. Aos donatários era dada uma enorme autonomia e, em troca, os mesmos deveriam entregar uma parte de seus lucros à coroa portuguesa. A principal atividade econômica desenvolvida nas capitanias era o cultivo da cana-de-açúcar.

De fato, a mecânica das capitanias hereditárias não funcionou, com exceção dos casos de São Vicente e Pernambuco. Entre os fatores que explicam o fracasso do sistema, podemos citar a distância de Portugal, a falta de apoio financeiro e os constantes ataques indígenas. De fato, as capitanias foram extintas em 1821, momento em que o governo português decidiu colocar o controle de toda a colônia nas mãos de uma só pessoa, o Governador-Geral.

Saiba mais: Descobrimento do BrasilGovernos GeraisEconomia Açucareira

BandeirismoEscravidão no BrasilPau-Brasil

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz