Arte Rupestre

Arte Rupestre
Arte rupestre registrada na Caverna de Altamira, Espanha.

A arte rupestre é a mais antiga manifestação artística que se tem conhecimento. Para se ter uma ideia, esta forma de arte surgiu ainda no período Paleolítico (40.000 a.C.). De fato, as artes sempre foram um retrato do mundo que cerca o homem. Na arte rupestre isso é muito claro, já que tal forma de arte consistia na realização de pinturas, desenhos e representações artísticas nas paredes das cavernas, retratando aquilo que fazia parte do cotidiano do homem pré-histórico.

As gravuras feitas quase sempre representavam grande animais selvagens, revelando uma grande admiração do homem pela natureza, até então relativamente misteriosa para os indivíduos daquela época.

Os homens pré-históricos utilizavam ossos e chifres de animais como pinceis e diversos tipos de misturas para servir como tintas. Na maioria das vezes, misturavam sangue de animais, folhas, argila e até excrementos humanos. Os principais sítios de arte rupestre – primeiros museus da história – estão localizados na França, norte da Espanha, Itália, Portugal e Alemanha.

Por muito tempo os evolucionistas, aqueles que acreditam na teoria da evolução proposta por Charles Darwin, pensavam que as manifestações encontradas nas cavernas nada mais eram do que armações criadas pelos criacionistas (acreditam que Deus criou o mundo e todos os seres vivos). A interpretação é simples: segundo Darwin, o homem daquela época não era dotado de capacidade intelectual para desenvolver nenhum tipo de arte. Por isso, a arte rupestre colocou em xeque, de certa forma, a teoria da evolução.

Saiba mais: PaleolíticoEvolucionismoCriacionismoPré-História

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *